Festivais


 A Lagoa recebe “Um Mês de Cinema Português”

“Um Mês de Cinema Português” é o nome da iniciativa que vai ter lugar na Lagoa, Algarve, começa na próxima quinta-feira e termina a 13 de Dezembro. A iniciativa está a cargo do FICA, Festival Internacional de Cinema do Algarve, em parceria com o município da Lagoa.

CartazO evento decorrerá no Auditório Municipal da Lagoa, às quintas-feiras, e durante quatro semanas, vão ser apresentados filmes da mais recente produção comercial portuguesa, estando também prevista a presença de realizadores, e alguns actores envolvidos nos filmes seleccionados.

O mais recente filme de Luís Galvão, “Teles Dot.com” vai abrir o espectáculo e conta com a participação de Margarida Carpinteiro e Marco Delgado.

Na semana seguinte, a 29 de Novembro, é a vez de projectar a última realização de Jorge Queiroga “Atrás das Nuvens”, cujos intérpretes principais são Nicolau Breyner, Ruben Silva e Sofia Grilo.

A 6 de Dezembro, os espectadores vão poder assistir ao último filme de Manoel de Oliveira “Belle Toujours”, seleccionado para representar Portugal na próxima cerimónia dos Óscares, concorrendo ao galardão como melhor filme estrangeiro.

O mais recente filme de Jorge Paixão da Costa, “O Mistério da Estrada de Sintra” vai ser exibido a 13 de Dezembro. O filme protagonizado por Ivo Canelas, Bruna di Túlio, António Pedro Cerdeira e ainda Nicolau Breyner e Rogério Samora, está actualmente, na competição de festivais de cinema no Brasil e no Canadá.

As sessões têm início às 21.30 horas.

 

Anúncios

Sons and DaughtersHeineken Paredes de Coura Club

Sons and Daughters, Tunng, 1990s e Black Strobesão os nomes já confirmados no Heineken Paredes de Coura Club que vai acontecer no Porto, nos dias 14 e 15 de Dezembro.

O lugar escolhido é o Teatro Sá da Bandeira, do cartaz fazem também parte os ingleses Tunng e os portugueses Sizo, bem como o DJ Jean Nippon e os New Young Pony Club, em formato de DJ set.

Os bilhetes custam 15 euros (um dia) ou 25 euros (dois dias). A organização está a cargo da empresa Ritmos.

O Festival Internacional de Música, Cinema  e Multimédia regressa amanhã  a Lisboa e prolonga-se até ao dia 14 deste mês. As várias exibições vão decorrer no Centro Cultural O Século, Cinema S.Jorge e Cinema Quarteto.

Esta é a oitava edição do Número-Projecta e tem como mote  a promoção do multimédia e a cultura numérica que  associa os inseparáveis elementos imagem e som. O evento é organizado pela Número -Arte e Cultura em parceria com a Videomorphose Número.

Durante uma semana o festival dedicado à cultura VJ promove a actuação de alguns dos mais importante VJ´s e DJ´s nacionais e internacionais, entre os quais  Cluster, Pagia, Sutekh e D-Fuse, actuações de nomes de culto da música electrónica portuguesa e mundial, filmes-concerto e espectáculos multimédia, mostras de video-arte e ciclos de cinema de vanguarda.

Na secção de cinema há uma novidade: a categoria Produtora Nacional Convidada, que pretende mostrar a «aposta no trabalho independente e em estruturas inovadoras, que se adaptaram aos novos parâmetros de sistemas de produção e distribuição na indústria vídeo-cinematográfica». Vai ainda ser prestada homenagem à produtora Andar Filmes, que apresenta uma mostra ecléctica de cinco propostas de autores nacionais.

A restante programação é muito diversificada. Há a secção Novo Cinema Espanhol, com uma selecção de alguns dos títulos mais significativos da produção independente espanhola; a Pink Films, com uma série de exemplos do cinema pink no Japão metropolitano; a retrospectiva, que este ano tem por objecto o videasta Tiago Pereira; e ainda a secção Festival Nacional Convidado, que exibe o que de melhor surgiu na edição deste ano do Festival Avanca.

O Número Projecta apresenta ainda, em antestreia, o filme Sounwalkers, de Raquel Castro, e exibe o documentário Mãe Ju, de Kiluanje Liberdade e Inês Gonçalves.

Da programação Vídeo constam ainda as mostras O vídeo vai ao cinema, uma selecção de vídeo-arte portuguesa em estreita ligação com a arte e a linguagem cinematográficas, com alguns dos artistas mais sonantes da nova geração; o Projecto Heraclitus, e a antologia de obras do artista espanhol Manuel Saïz.

Os filmes do Número-Projecta 07’ são exibidos no cinema Quarteto de 8 a 14 de Novembro. Já os concertos, decorrem no Centro Cultural O Século, dia 8, e no Cinema S. Jorge nos dias 9 e 10. O programa pode ser consultado no sítio oficial ou no MySpace do festival.