Actualmente deparamo-nos com um desperdício de criatividade na sociedade portuguesa e no mundo em geral. Os jovens não têm meios de expressão nem voz activa na construção do futuro. O jornalismo está asfixiado pelas regras de mercado, onde não há lugar para a diversidade social, cultural e política. Neste contexto, apresentamos um projecto alternativo, de base jornalística, que procura abrir espaço à pluralidade e criatividade. Esperamos contribuir com visões diferentes e inovadoras, trazer um olhar sobre a realidade numa outra perspectiva.Repudiamos expressões insultuosas, discriminatórias e que incitem à violência.

Para participar neste projecto não é necessário ter formação jornalística mas apenas partilhar destes princípios.

Entra em contacto connosco através do email epigrafe.wordpress@gmail.com

Contamos contigo!

 

 

Definição de Epígrafe

s. f.  inscrição em local destacado de um edifício; título de um escrito; sentença ou divisa anteposta no início de um livro ou capítulo; título ou frase que serve de tema a um assunto. (Dicionário da Língua Portuguesa, Porto Editora)

 

4 Respostas to “Epígrafe”

  1. Ana Seara Says:

    Uma saudação para iniciar a minha participação.
    O nosso país carece, de facto, de uma educação para os valores culturais. Isso é mais do que sabido e sentido por todos nós que tentamos fazer parte da outra fatia da população – aqueles que se atrevem a fazer da música a sua vida.
    Mas a criatividade musical não está a passar por dificuldades. Como recém-licenciada em Composição posso afirmar que há muitos jovens (e alguns menos jovens) que trabalham com entusiasmo na criação de nova música. Nova música diversificada, com as mais variadas estéticas musicais…
    O problema do nosso portugalinho é dar valor à mediocridade. Para estádios de futebol e para a corrupção associada a este desporto há sempre espaço e consequentemente capital. A partir do momento em que um Cristiano Ronaldo (salvaguardando o valor que tem, segundo os entendidos, como futebolista) é adorado como uma espécie de herói nacional, estamos conversados!…
    Mas o caminho é trabalhar contra todas as contrariedades! Digo-vos com todo o orgulho e satisfação que nós, os compositores saídos da Escola Superior de Música de Lisboa, apesar do edifício dos Caminhos de Ferro de Benguela, velho e com pouco espaço, fazemos frente aos demais do resto da Europa.
    Somos pequenos heróis trabalhadores e com muita vontade de fazer música.
    Existem momentos de frustração, de revolta, mas que são depressa ultrapassados com os pequenos momentos de “glória” cada vez que um concerto, uma iniciativa corre bem.
    Não há lugar para os que desistem… O cliché de “unidos venceremos” poderá ser bem encaixado aqui! A dedicação de todos fará frente, tenho eu a certeza, às autoridades pouco autorizadas para decidirem.

    1. Mário Alves Says:

      Gostava de ouvir essa obras dos “compositores saídos da Escola Superior de Música de Lisboa que frente aos demais do resto da Europa.”

      É que por vezes ouço, na Antena 2, as obras dos alunos do Conservatório (salvo erro), e aquilo é cócó do princípio ao fim.

      (Descobri este sítio por acaso, procurando munição para combater problemas fiscais advindo dos falsos recibos verdes.)

  2. Maria Vitor Mota Says:

    Olá Ana Seara,
    Obrigada pelo teu comentário e desculpa pelo atraso na resposta. Levantas questões muito interessantes, nomeadamente no que diz respeito ao desinvestimento do estado na educação e na cultura. A política obedece claramente a interesses que nada têm a ver com o desenvolvimento e bem-estar das pessoas, e assim estas são as áreas que imediatamente são cortadas do orçamento de estado. Eu também acho que o velho cliché faz todo o sentido, apenas o reformularia para encontrar união na diversidade.
    Por isso te convido a colocares as tuas “notícias” neste blog, como colaboradora. Para divulgares essa “nova música diversificada, com as mais variadas estéticas musicais” que referes e que muitas vezes não têm espaço de expressão.
    Abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s