Chris Cheek e Orquestra de Jazz de Matosinhos

abrem Festival de Braga

A nona edição do Festival de Jazz de Braga – “BragaJazz 2008” abre na próxima quinta-feira, às 22h00, no Theatro Circo, com a Orquestra de Jazz de Matosinhos, ao lado de Chris Cheek, um dos mais talentosos saxofonistas norte-americanos.

Chris CheekChris Cheek é considerado um reputado saxofonista do contexto “jazz” nova-iorquino, distinguindo-se pelas inúmeras colaborações desenvolvidas ao longo de uma carreira que dedica também a projectos como Paul Motians “Electric Be Bop Band”, “The Bloomdaddies” e à banda com que interpreta composições originais.

Distinta pelas colaborações com músicos de renome internacional, a Orquestra Jazz de Matosinhos conquistou, em 2007, o privilégio de ser a primeira formação nacional a actuar no célebre “Carnegie Hall”, em Nova Iorque, com Lee Konitz. Da colaboração com Chris Cheek,  resultou já a edição do primeiro trabalho discográfico “OJM Invites Chris Cheek”.

Até ao dia 15 de Março passam pelo palco do Theatro Circo o trio “BassDrumBone”, constituído por Ray Anderson (trombone), Mark Helias (contrabaixo) e por Gerry Hemingway (percussão), no dia 7; o baterista George Schuller, integrado no quinteto “Circle Wide”, no dia 8; o pianista britânico John Taylor, em formato trio, no dia 14; e, por fim, no dia 15, o “Índigo Trio”, referência no universo “jazz” contemporâneo, com Nicole Mitchell (flauta), Harrison Bankhead (contrabaixo) e Hamid Drake (percussão).

Anúncios