O Festival Internacional de Música, Cinema  e Multimédia regressa amanhã  a Lisboa e prolonga-se até ao dia 14 deste mês. As várias exibições vão decorrer no Centro Cultural O Século, Cinema S.Jorge e Cinema Quarteto.

Esta é a oitava edição do Número-Projecta e tem como mote  a promoção do multimédia e a cultura numérica que  associa os inseparáveis elementos imagem e som. O evento é organizado pela Número -Arte e Cultura em parceria com a Videomorphose Número.

Durante uma semana o festival dedicado à cultura VJ promove a actuação de alguns dos mais importante VJ´s e DJ´s nacionais e internacionais, entre os quais  Cluster, Pagia, Sutekh e D-Fuse, actuações de nomes de culto da música electrónica portuguesa e mundial, filmes-concerto e espectáculos multimédia, mostras de video-arte e ciclos de cinema de vanguarda.

Na secção de cinema há uma novidade: a categoria Produtora Nacional Convidada, que pretende mostrar a «aposta no trabalho independente e em estruturas inovadoras, que se adaptaram aos novos parâmetros de sistemas de produção e distribuição na indústria vídeo-cinematográfica». Vai ainda ser prestada homenagem à produtora Andar Filmes, que apresenta uma mostra ecléctica de cinco propostas de autores nacionais.

A restante programação é muito diversificada. Há a secção Novo Cinema Espanhol, com uma selecção de alguns dos títulos mais significativos da produção independente espanhola; a Pink Films, com uma série de exemplos do cinema pink no Japão metropolitano; a retrospectiva, que este ano tem por objecto o videasta Tiago Pereira; e ainda a secção Festival Nacional Convidado, que exibe o que de melhor surgiu na edição deste ano do Festival Avanca.

O Número Projecta apresenta ainda, em antestreia, o filme Sounwalkers, de Raquel Castro, e exibe o documentário Mãe Ju, de Kiluanje Liberdade e Inês Gonçalves.

Da programação Vídeo constam ainda as mostras O vídeo vai ao cinema, uma selecção de vídeo-arte portuguesa em estreita ligação com a arte e a linguagem cinematográficas, com alguns dos artistas mais sonantes da nova geração; o Projecto Heraclitus, e a antologia de obras do artista espanhol Manuel Saïz.

Os filmes do Número-Projecta 07’ são exibidos no cinema Quarteto de 8 a 14 de Novembro. Já os concertos, decorrem no Centro Cultural O Século, dia 8, e no Cinema S. Jorge nos dias 9 e 10. O programa pode ser consultado no sítio oficial ou no MySpace do festival.

Anúncios